sicnot

Perfil

País

GNR deteve 73 pessoas em 12 horas, uma das quais por homicídio

A GNR deteve, nas últimas 12 horas, 73 pessoas em flagrante delito, uma das quais por homicídio, anunciou hoje a Guarda Nacional Republicana.

Entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, a GNR realizou várias operações de fiscalização rodoviária e de prevenção e combate à criminalidade violenta que culminaram com a detenção destas 73 pessoas.

A maioria (44) foi detida por condução sob o efeito do álcool, adianta a GNR em comunicado, informando ainda que 14 pessoas foram detidas por condução sem habilitação legal, quatro por furto e duas por desobediência.Houve ainda uma pessoa que foi detida por suspeita de homicídio e outra por falsificação de documentos.

Durante as operações foram também apreendidas 33 doses de haxixe e duas armas brancas, adiantam os dados da GNR.Nas operações de fiscalização de trânsito, os militares detetaram 652 infrações, 245 das quais por excesso de velocidade.

Noventa infrações deveram-se a condução com excesso de álcool e 38 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e de cadeirinha.Durante aquele período foram registados 65 acidentes, que provocaram quatro feridos graves e 23 feridos ligeiros.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.