sicnot

Perfil

País

BE defende alterações ao modelo do Governo da Carris mas está contra revogação

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

A coordenadora do BE manifestou-se hoje contra a revogação do diploma sobre a municipalização da Carris, embora anunciando propostas de alteração para que o modelo de gestão integre não apenas Lisboa, mas as várias autarquias abrangidas.

À margem de uma visita à Escola Secundária Ferreira Dias, no Cacém, concelho de Sintra, Catarina Martins foi questionada sobre a posição do BE no debate da apreciação parlamentar que o PCP requereu em relação à municipalização da Carris, não tendo os comunistas ainda decidido se apresentam propostas de alteração ou se avançam simplesmente para a revogação do diploma do Governo socialista.

"Eu não sei qual é a proposta. Nós não apoiaremos a cessação de vigência do decreto-lei, se ela for proposta, mas apoiaremos sim alterações ao decreto-lei no sentido de os vários municípios que são servidos pela Carris estarem incluídos no modelo de gestão da Carris e não apenas o município de Lisboa", disse aos jornalistas.

A líder do BE assegurou que os bloquistas vão apresentar propostas próprias sobre esta matéria, lembrando que o partido sugere há muitos anos uma gestão intermunicipal dos transportes coletivos.

"Se o Governo tivesse conversado com os vários partidos antes de ter avançado, este processo poderia correr de uma forma mais proveitosa", sustentou, apesar de garantir que "o partido não quer voltar ao que existia anteriormente" já que "era um mau modelo"

  • Um retrato devastador do "pior dia do ano"
    2:47
  • Um olhar sobre a tragédia através das redes sociais
    3:22
  • "Estão a gozar com os portugueses, esta abordagem tem de mudar"
    6:45

    Opinião

    José Gomes Ferreira acusa as autoridades e o poder político de continuarem a abordar o problema da origem dos fogos de uma forma que considera errada. Em entrevista, no Primeiro Jornal, o diretor adjunto da SIC, considera que a causa dos fogos "é alguém querer que a floresta arda". José Gomes Ferreira sublinha que não se aprendeu com os erros e que "estão a gozar com os portugueses".

    José Gomes Ferreira

  • "Os portugueses dispensam um chefe de Governo que lhes diz que isto vai acontecer outra vez"
    6:32

    Opinião

    Perante o cenário provocado pelos incêndios, os portugueses querem um chefe de Governo que lhes diga como é que uma tragédia não volta a repetir-se e não, como disse António Costa, que não tem uma fórmula mágica para resolver o problemas dos fogos florestais. A afirmação é de Bernardo Ferrão, da SIC, que questiona ainda a autoridade da ministra da Administração Interna para ir a um centro de operações, uma vez que é contestada por toda a gente.

  • Portugal precisa de "resultados em contra-relógio, após décadas de desordenamento florestal"
    1:18
  • Jornalista que denunciou corrupção do Governo de Malta morre em explosão

    Mundo

    A jornalista Daphne Caruana Galizia, que acusou o Governo de Malta de corrupção, morreu esta segunda-feira, numa explosão de carro. O ataque acontece duas semanas depois de a jornalista maltesa recorrer à polícia, para dizer que estava a receber ameaças de morte. A morte acontece quatro meses após a vitória do Partido Trabalhista de Joseph Muscat, nas eleições antecipadas pelo primeiro-ministro, após as alegações da jornalista, que o ligavam a si e à sua mulher ao escândalo dos Panama Papers. O casal negou as acusações de que teriam usado uma offshore para esconder pagamentos do Governo do Azerbaijão.