sicnot

Perfil

País

Aviso vermelho em sete distritos do continente a partir das 15:00

© Arko Datta / Reuters

O litoral de sete distritos do continente vai estar a partir das 15:00 com aviso vermelho, o máximo, devido à forte agitação marítima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Com aviso vermelho estão os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa.

Este aviso vigora entre as 15:00 e as 23:59 de hoje.Até às 15:00, todos os distritos de Portugal continental estão, desde as 00:00 de hoje com aviso laranja, o segundo mais grave, devido à forte ondulação. O litoral dos distritos a sul de Lisboa estará com o mesmo aviso, mas apenas a partir das 15:00.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e Aveiro estão também sob aviso laranja, o terceiro mais grave, devido à chuva e ao vento. Os restantes distritos, com exceção de Setúbal e Beja, têm o aviso amarelo, mas apenas para o vento.

De acordo com a Marinha portuguesa, as condições adversas no mar são comparáveis à tempestade "Hércules", que em 2014 provocou ondas de grande dimensão que atingiram primeiro os Açores e, posteriormente, Portugal continental.

Mais de 1.500 civis e militares da Marinha Portuguesa e da Autoridade Marítima Nacional vão estar envolvidos na monitorização, prevenção e salvamento durante a tempestade que vai atingir a costa portuguesa.Os Açores estarão praticamente durante todo o dia com aviso amarelo também devido à forte ondulação.

Com Lusa

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02