sicnot

Perfil

País

Ferry avariado esteve cerca de três horas parado no rio Sado

Um ferry boat que fazia a ligação fluvial Tróia-Setúbal esteve esta quinta-feira três horas parado no rio Sado devido a uma avaria, mas a situação já está normalizada, disse à agência Lusa o capitão do porto de Setúbal.

"A embarcação saiu de Tróia às 14:00, com destino a Setúbal, mas teve uma avaria numa máquina e ficou imobilizada e fundeada no rio Sado durante algum tempo", disse Luís Lavrador, perto das 18:00.

"A Polícia Marítima seguiu de imediato para o local e demos instruções à empresa - Atlantic Ferries - para que fossem acionados, de imediato, dois rebocadores", acrescentou o capitão do porto de Setúbal.

Segundo Luís lavrador, com a ajuda dos dois rebocadores o ferribote avariado, que transportava um total de sete viaturas, 13 passageiros e seis tripulantes, atracou em Tróia cerca das 17:30.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".