sicnot

Perfil

País

Quase 200 ocorrências em todo o país devido ao mau tempo

Em atualização

António Araújo / Lusa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou entre as 20:00 de quarta-feira e as 17:00 desta quinta-feira 198 ocorrências relacionadas com o mau tempo, sobretudo quedas de árvores, limpezas de via e quedas de estruturas.

A Proteção Civil diz estar atenta ao elevado risco de cheias no período de maré alta.

Não há registo de qualquer vítima.

A Proteção Civil mantém o aviso à população para que se mantenha afastada da orla costeira.

A região norte tem sido a mais afetada. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera decretou alerta vermelho para o distrito do Porto por causa das previsões de aumento significativo da agitação marítima entre as 15:00 e as 23:59 de hoje, com ondas que podem atingir os 12 a 14 metros de altura máxima.

Os distritos de Viana do Castelo, Porto e Braga têm registado o maior número de ocorrências.

O mau tempo obrigou já ao corte da Avenida D. Carlos, na Foz do Douro, e a proteção civil do Porto "desaconselha a circulação e permanência junto à zona costeira e apela a que não se pratique qualquer atividade relacionada com o mar".

Ao final da manhã de hoje em Leixões, Matosinhos, foram registadas ondas com oito metros de altura, disse à Lusa o comandante da Zona Marítima do Norte e chefe do Departamento Marítimo do Norte.

O aviso vermelho é o mais grave de uma escala de três e corresponde a uma situação meteorológica de risco extremo.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.