sicnot

Perfil

País

Regulamentação da Lei da Nacionalidade acolhe netos de portugueses no Brasil

A finalização do processo de regulamentação da Lei da Nacionalidade vai permitir aos portugueses no Brasil verem reconhecido o direito à nacionalidade dos netos de cidadãos nacionais, disse hoje à Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

"Como prometeu e como assumiu este compromisso desde o início das suas funções o Governo e, nomeadamente, o Ministério da Justiça está a finalizar o processo de regulamentação da Lei da Nacionalidade que vai permitir aos portugueses das comunidades, nomeadamente à comunidade do Brasil, ver reconhecido o legítimo direito à nacionalidade portuguesa dos netos de cidadãos já nacionais", afirmou José Luís Carneiro.

Segundo o secretário de Estado, a possibilidade de ser atribuída nacionalidade portuguesa aos netos é um "objetivo desde há muito desejado por parte dos portugueses que vivem e têm as suas vidas hoje estabelecidas no estrangeiro".

O parlamento iniciou quinta-feira o debate para alterações à Lei da Nacionalidade, com o PSD a propor a eliminação da "efetiva ligação à comunidade" para netos de portugueses, e o Bloco de Esquerda a sugerir cidadania portuguesa para crianças nascidas em Portugal.

Em maio de 2015, PSD/CDS-PP e PS aprovaram um diploma que alargou a possibilidade de aquisição da nacionalidade portuguesa originária aos netos de portugueses nascidos no estrangeiro.

No entanto, a lei aguarda regulamentação, que deveria ter sido apresentada em finais de agosto passado.

"É muito importante que esta matéria seja tão consensual quanto possível, porque é uma matéria de grande importância e sensibilidade", afirmou José Luís Carneiro.

O secretário de Estado disse também estar convencido que todos vão contribuir para que a "iniciativa do Ministério da Justiça seja colocada o mais rapidamente possível em prática e possa responder às legítimas expetativas daquele que tendo ascendentes portugueses esperam ver reconhecida também a sua nacionalidade".

Lusa


  • José Eduardo dos Santos há 38 anos no poder
    2:42

    Mundo

    José Eduardo dos Santos foi o segundo Presidente com mais tempo de liderança a nível mundial, quase 38 anos. Este ano, anunciou que não voltaria a concorrer às eleições, mas mantêm-se, por enquanto, como presidente do MPLA. No dia em que os angolanos foram às urnas para escolher o seu sucessor, apresentamos a vida de José Eduardo dos Santos.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.