sicnot

Perfil

País

Cavaco lança livro "Quinta-feira e outros dias" para prestar "contas aos portugueses"

"Quinta-feira e outros dias" é o livro que o ex-Presidente da República Aníbal Cavaco Silva vai lançar este mês, uma obra para "completar a prestação de contas aos portugueses" e revelar factos "desconhecidos dos cidadãos".

Segundo avançou esta tarde a Rádio Renascença, o lançamento do livro está marcado para dia 16 de fevereiro, precisamente uma quinta-feira, no Centro Cultural de Belém, pelas 18:30.

No site da Fnac, já está disponível uma apresentação do livro, feita na primeira pessoa, pelo próprio antigo chefe de Estado, que tradicionalmente se reunia às quintas-feiras com o primeiro-ministro.

"Tendo mantido até agora reservada parte importante da minha ação como Presidente da República, convicto de que essa era a melhor forma de defender o superior interesse nacional -- e nunca tendo ocorrido fugas de informação para a comunicação social sobre o que se passou nos meus encontros com o primeiro-ministro e outros membros do Governo --, entendo que é altura de completar a prestação de contas aos Portugueses dando público testemunho de componentes relevantes da minha magistratura que são, em larga medida, desconhecidos dos cidadãos", pode ler-se no 'site' da Fnac, embora o livro ainda não esteja disponível para compra.

Lusa

  • José Eduardo dos Santos há 38 anos no poder
    2:42

    Mundo

    José Eduardo dos Santos foi o segundo Presidente com mais tempo de liderança a nível mundial, quase 38 anos. Este ano, anunciou que não voltaria a concorrer às eleições, mas mantêm-se, por enquanto, como presidente do MPLA. No dia em que os angolanos foram às urnas para escolher o seu sucessor, apresentamos a vida de José Eduardo dos Santos.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.