sicnot

Perfil

País

Demora no IPO foi caso isolado, instalações foram melhoradas e há mais enfermeiros

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa garantiu esta segunda-feira que foi realizada uma intervenção estrutural de melhoria das instalações do hospital de dia pediátrico e reforçada a equipa de enfermagem desde a situação que motivou uma recomendação do regulador.

O esclarecimento do IPO de Lisboa surge a propósito de uma deliberação da Entidade Reguladora da Saúde (ERS), a qual "nasceu de uma queixa de uma mãe que em fevereiro de 2016 protestou contra a demora no atendimento do filho num tratamento de quimioterapia" naquela instituição, segundo a TSF.

"A mãe diz que o filho de sete anos fez análises às 10:00, teve consulta às 15:30 e só às 20:30 foi possível dar-lhe uma «simples injeção» que não foi administrada antes por falta de recursos humanos pois só estavam duas enfermeiras disponíveis", escreve a TSF.

Segundo o IPO de Lisboa, esta situação foi "um caso isolado, ocorrido há um ano". Desde então, prossegue a instituição, foi realizada "uma intervenção estrutural de melhoria das instalações do hospital de dia pediátrico, bem como reforçada a sua equipa de enfermagem".

O IPO de Lisboa reafirma "a sua prática de respeito pelos doentes que assiste, procurando corrigir as falhas que deteta com a maior rapidez possível". A instituição adianta que "continuam a decorrer várias intervenções, no sentido de melhorar a capacidade de intervenção" desta unidade de saúde "na sua globalidade e da pediatria, mais especificamente".

Lusa

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.