sicnot

Perfil

País

Força Aérea Portuguesa ajudou a resgatar 1.134 pessoas no Mar Mediterrâneo em 2016

A Força Aérea Portuguesa anunciou hoje que ajudou a resgatar, durante 2016, 1.134 pessoas, tendo percorrido mais de 210 mil quilómetros e patrulhado uma área de mais de três milhões de quilómetros quadrados ao serviço da Frontex.

Em comunicado, o Estado-Maior General das Forças Armadas anuncia que "através da Esquadra 502 - "Elefantes" da Força Aérea, percorreu mais de 210 mil quilómetros e patrulhou uma área de cerca de 3 430 600 quilómetros quadrados" ao serviço da FRONTEX, Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira, em 2016".

"Ao longo do último ano, durante as várias participações dos meios da Força Aérea na operação TRITON - num total de seis meses -, os "Elefantes" ajudaram a resgatar 1.134 pessoas no Mar Mediterrâneo", anunciam.

A partir do território italiano, a Força Aérea realizou 124 missões em 623 horas de voo.

"Para tal, contribuiu decisivamente a larga experiência das tripulações neste tipo de missões e as capacidades da aeronave C-295M VIMAR, materializadas na deteção e investigação de mais de 20 mil embarcações", sublinhou.

A Força Aérea Portuguesa iniciou a colaboração no âmbito da Frontex em 2007, realizando-as regularmente desde 2011.

"Até agora, as aeronaves C-295M e P3C CUP+, esta última da Esquadra 601 - "Lobos", já colaboraram no resgate de mais de seis mil pessoas no Mediterrâneo, tendo patrulhado mais de 40 milhões de quilómetros quadrados", resume.

Lusa

  • Pinto da Costa internado após queda

    Desporto

    O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, sofreu uma queda e foi internado de urgência no Hospital de São João. O acidente já foi confirmado pelo clube em comunicado.

  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11