sicnot

Perfil

País

Portuguesa desaparecida na Suíça ter-se-á suicidado

Marlene Gomes estava desaparecida há três dias. O corpo foi encontrado hoje dentro de um carro. As autoridades ainda chegaram a investigar a hipótese de crime ou acidente, mas fonte da secretaria de Estado das Comunidades confirmou à SIC que Marlene Gomes, emigrada na Suíça desde meados de 2016, terá posto termo à própria vida.

Esta manhã, as autoridades encontraram, dentro de um carro, o corpo de uma mulher com características em tudo semelhantes às da emigrante desaparecida. O reconhecimento formal do corpo ainda não foi feito e só depois dessa formalidade as autoridades irão avançar com a autópsia mas, ao que a SIC apurou, tudo aponta para suicídio.

Marlene Gomes, de 39 anos, natural de Fânzeres, em Gondomar, emigrou para a Suíça em meados de 2016. Trabalhava em Zug, nos arredores de Zurique, como empregada de limpeza. Estava desaparecida desde sábado passado.