sicnot

Perfil

País

Estudante volta a julgamento por homicídio já confessado por outro homem

Joane, Vila Nova de Famalicão (Google Maps)

O julgamento do estudante condenado pelo alegado homicídio da tia em Joane, Famalicão, vai ser repetido, mas desta vez no banco dos réus vão sentar-se mais dois arguidos, um dos quais já assumiu a autoria do crime.

A informação foi avançada à agência Lusa por Paulo Gomes, advogado do estudante, que hoje foi notificado da decisão do Tribunal da Relação de Guimarães de julgar os três arguidos pelo mesmo crime, mas com acusações diferentes em termos de circunstâncias e, até, de motivação.

"O que eu achava correto é que se desistisse de vez da acusação contra o Armindo, mas, uma vez que a decisão foi esta, que se resolva isto tudo de uma vez por todas, para que ele possa continuar a sua vida em paz e livre deste castigo", referiu o causídico.

Em novembro de 2013, o Tribunal Judicial de Famalicão condenou o estudante Armindo Castro a 20 anos de prisão, pelo alegado homicídio da tia, de 73 anos, ocorrido em março de 2012.Posteriormente, a Relação baixou a pena para 12 anos, imputando ao arguido o crime de ofensa à integridade física qualificada, agravado pelo resultado morte.

No entanto, a 28 de outubro de 2014 um outro homem entregou-se à GNR, em Guimarães, confessando a autoria daquele crime, em conjunto com a companheira.O sobrinho da vítima esteve preso dois anos e meio, vindo a ser libertado em dezembro de 2014, na sequência daquela confissão.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.