sicnot

Perfil

País

Presidente promulga diploma sobre drogas e ratifica acordos internacionais

M\303\201RIO CRUZ

O Presidente da República promulgou esta quarta-feira o diploma que aprova o regime jurídico aplicável ao tráfico e consumo de estupefacientes e substâncias psicotrópicas, foi publicado na página oficial da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou, explica-se, o diploma da Assembleia da República que altera o decreto-lei 15/93, de 22 de janeiro, que aprova o regime jurídico e adita substâncias às tabelas anexas ao documento.

Marcelo Rebelo de Sousa ratificou também três resoluções da Assembleia da República, ainda de acordo com a página da Presidência.

O Presidente ratificou a resolução que aprova o Protocolo Adicional à Convenção sobre os Direitos Humanos e a Biomedicina, Relativo à Investigação Biomédica (aberto à assinatura em Estrasburgo, em 25 de janeiro de 2005), a resolução que aprova a alteração ao artigo 124.º do Estatuto de Roma do Tribunal Penal Internacional (adotada em Haia, em 26 de novembro de 2015) e a resolução que aprova a alteração ao artigo 8.º e outras alterações ao Estatuto de Roma do Tribunal Penal Internacional relativas ao Crime de Agressão (adotadas na Conferência de Revisão em Kampala, de 31 de maio a 11 de junho de 2010).

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44