sicnot

Perfil

País

Autoridades alertam para agravamento do estado do mar a partir do final da tarde

(Lusa/Arquivo)

LUSA

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) alertou esta quinta-feira para o agravamento do estado do mar a partir do final da tarde, recomendando à população uma "atitude vigilante" em caso de necessidade de deslocações até à orla costeira.

Conjuntamente com a Marinha Portuguesa, a AMN avança ser esperado "um aumento da agitação marítima na faixa litoral oeste do continente, com uma altura de onda que pode chegar até aos seis metros junto à costa". As ondas podem ir até aos oito metros na região a norte do Cabo da Roca.

"É expetável que as condições do mar comecem a melhorar a partir da manhã de sábado", refere ainda o comunicado da Autoridade Marítima Nacional.

As autoridades aconselham a comunidade marítima que se encontra no mar para que adote medidas de precaução e a mantenha de elevado estado de vigilância.

Para a população geral, recomenda-se que mantenha uma "atitude vigilante, caso exista necessidade de se deslocar até à orla costeira, e a ter sempre presente que nestas condições o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras".

Por causa da agitação marítima, seis barras estão encerradas a toda a navegação em Portugal continental e outras quatro estão condicionadas, segundo a Marinha.

Estão encerradas a toda a navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Figueira da Foz e S. Martinho do Porto, de acordo com a informação disponível no site da Marinha.

As barras de Viana do Castelo, Vila do Conde, Douro e Aveiro estão fechadas a embarcações de comprimento inferior a 12 metros (Viana do Castelo e Vila do Conde) e a 15 metros (Douro e Aveiro).

A agitação marítima fez com que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) tenha declarado aviso amarelo para toda a costa continental até às 18:00 de sábado e para a costa norte da ilha da Madeira igualmente até ao final do dia de sábado.

Lusa

  • Norte com aviso amarelo por causa da neve

    País

    A maioria dos distritos do norte de Portugal está com aviso amarelo (o terceiro de uma escala de quatro) por causa da neve, assim como toda a costa continental, mas por causa da agitação marítima, segundo as previsões meteorológicas.

  • O tempo para hoje
    0:43

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje períodos de céu muito nublado, tornando-se gradualmente muito nubladode norte para sul a partir da manhã. Períodos de chuva no litoral oeste a partir do meio da tarde, estendendo-se gradualmente às restantes regiões e passando a regime de aguaceiros. Queda de neve acima dos 1600 metros a partir do final da tarde, descendo gradualmente a cota para os 800 metros.

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC