sicnot

Perfil

País

Passos abre hoje colóquio sobre eutanásia

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, abriu hoje um colóquio organizado pelo grupo parlamentar do partido sobre eutanásia, que junta médicos, constitucionalistas e peticionários contra e a favor da despenalização da morte medicamente assistida.

O colóquio, intitulado "Eutanásia/Suicídio Assistido: dúvidas éticas, médicas e jurídicas", decorrerá durante toda a manhã na Assembleia da República.

Segundo o deputado e vice-presidente da bancada social-democrata Carlos Abreu Amorim, este debate será "um pontapé de saída" para iniciar a discussão de uma matéria em que "é impossível tomar qualquer decisão legislativa sem que os deputados, mas também a população em geral, esteja ciente do que se está a discutir".

Em declarações à Lusa, o deputado social-democrata defendeu que um debate alargado sobre a eutanásia é um imperativo, até por "uma questão de transparência política".

"Quase nenhum dos partidos com assento parlamentar tinha esta questão inscrita nos seus programas eleitorais e nenhum fez um debate prévio na campanha eleitoral", disse, salientando que muitas pessoas estão a ouvir falar "pela primeira vez" sobre a possibilidade de se legislar sobre eutanásia.

"Sem um debate estaremos a viciar os dados da democracia", alertou.Sem querer colocar uma data para que o processo parlamentar se possa iniciar, Carlos Abreu Amorim defende que tal só deverá acontecer "quando o debate já tiver atingido uma dimensão nacional", lembrando que o PSD irá dar liberdade de voto nas iniciativas legislativas que venham a surgir.

Depois da intervenção de Passos Coelho, o primeiro painel será moderado pelo deputado e ex-ministro Fernando Negrão e integrará signatários de petições contra a eutanásia - o ex-deputado do PSD António Pinheiro Torres - e a favor - o ex-deputado e antigo coordenador do BE João Semedo e o oncologista Jorge Espírito Santo -, bem como o jurista Pedro Vaz Pato, também contrário à prática da morte medicamente assistida.Segue-se o painel dos constitucionalistas, moderado pelo deputado e ex-ministro Luís Marques Guedes, constituído pela professora e ex-juíza conselheira do Tribunal Constitucional Maria Lúcia Amaral e pelos professores e constitucionalistas Jorge Reis Novais e Tiago Duarte, este último membro do Conselho Nacional da Ética para as Ciências da Vida.

Por fim, o painel dedicado às questões médicas será moderado pela deputada e vice-presidente do PSD Teresa Morais e integra o professor e presidente da Associação Portuguesa de Bioética Rui Nunes, o professor e diretor de Cuidados Paliativos do Hospital de Santa Maria Luís Marques da Costa e o médico oncologista Silvério Marques.

O encerramento ficará a cargo do presidente do grupo parlamentar do PSD, Luís Montenegro.Na semana passada foi debatida no parlamento a petição do movimento cívico "Direito a morrer com dignidade", que defende a despenalização da morte assistida, tendo já dado entrada uma outra iniciativa de cidadãos sobre esta matéria contra a eutanásia, com o título "Toda a vida tem dignidade", da Federação Portuguesa pela Vida, ainda sem agendamento para discussão em plenário.

O BE e o PAN já anunciaram que irão ter iniciativas legislativas sobre a morte assistida, mas não se comprometeram com qualquer data para a sua entrega na Assembleia da República.Tal como o PSD, também o PS já anunciou que irá dar liberdade de votos aos seus deputados em todos os projetos de lei que surgirem sobre a matéria.

Lusa

  • Sismo no México provoca 49 mortos

    Mundo

    O governador de Morelos, Graco Ramírez, informou que se registaram pelo menos 42 mortos neste estado mexicano. No Estado do México foram registadas cinco mortes, mais as duas vítimas avançadas inicialmente.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Furacão Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC