sicnot

Perfil

País

Diretora-geral do Tesouro demite-se 

A diretora-geral do Tesouro demitiu-se do cargo. A notícia é avançada pelo Ministério das Finanças, num comunicado, onde revela que o pedido de cessação de funções partiu de Elsa Roncon Santos. A saída será formalizada na próxima segunda-feira.

É a segunda vez que a diretora-geral abandona o cargo.

A primeira saída aconteceu em julho de 2013, precisamente na altura em que o ministro das Finanças Vítor Gaspar apresenta a demissão e é substituído por Maria Luís Albuquerque.

Roncon Santos era um dos nomes envolvidos no caso dos swap.

Na comissão de inquérito parlamentar onde foi ouvida justificou a demissão com motivos pessoais.

Manteve-se em funções a pedido do Governo até que fosse encontrado um substituto. Algo que nunca chegou a acontecer.

Isto, porque a diretora-geral demissionária voltou a candidatar-se às mesmas funções e venceu o concurso, sendo reempossada.

Pede agora para sair. Um pedido já aceite.

Será substituída provisioramente pela subdiretora-geral do Tesouro até que seja nomeado um substituto.

O Governo espera que o processo seja concluído em breve.

  • Alterações nos horários das farmácias têm o objetivo de evitar duplicação de serviços
    1:50
  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),