sicnot

Perfil

País

Lar encerrado em Aveiro por funcionar numa casa de habitação sem condições

Lar encerrado em Aveiro por funcionar numa casa de habitação sem condições

A Segurança Social encerrou esta sexta-feira um lar ilegal em Aveiro. Os familiares dos idosos foram contactados de imediato. Alguns não ficaram surpreendidos com o encerramento do lar. Outros não compreendem a decisão da Segurança Social e garantem que a casa tem as condições necessárias.

O lar tinha cerca de 10 utentes, que agora vão ser transferidos para outras instituições.

Há um mês, terá sido feita uma queixa à Segurança Social, na qual se denunciava por exemplo a existência de quartos muito pequenos sem condições e o facto da cozinha estar muito degradada com as bilhas de gás junto ao fogão.

  • Dez idosos encontrados numa garagem sem condições em Tomar
    2:44

    País

    Dez idosos estiveram durante uma semana na garagem de uma moradia, em Tomar, sem condições de acolhimento. Denunciada por um familiar, a situação surgiu na sequência do encerramento por ordem judicial do local onde estavam anteriormente, e que não tinha as licenças necessárias. A proprietária do lar encerrado recusa que o lugar fosse uma garagem e alega que a solução era temporária.

  • Familiares de utentes de lar de Alijó preferem não falar sobre as supeitas de maus tratos
    1:34

    País

    Os familiares dos utentes que poderão ter sido vítimas de maus tratos num lar de Alijó preferem não falar sobre o caso. A instituição que alberga cerca de 30 deficientes mentais já está a ser investigada. Este caso serviu para a Segurança Social alertar para a importância da vigilância das famílias, em situações como esta, e de reportar às autoridades competentes qualquer situação anómala.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".