sicnot

Perfil

País

Mais de 20 feridos em capotamento de autocarro na A1

Mais de 20 feridos em capotamento de autocarro na A1

O autocarro da equipa sénior de andebol feminino do Clube Passos Manuel, em Lisboa, capotou este sábado na A1. Cerca de 23 pessoas ficaram feridas, apenas uma com gravidade. O acidente provocou várias horas de constrangimento na autoestrada do norte, em ambos os sentidos. O veículo de transporte foi removido pouco antes das 15h.

  • Passageiros encaminhados para o hospital por precaução
    1:17

    País

    O Diretor do clube de andebol Passos Manuel explicou à SIC quem eram as jogadoras que seguiam no autocarro e para onde iam. José Emídio diz que mesmo não havendo feridos graves, a maioria dos passageiros terá sido encaminhada para o hospital por precaução.

  • Trânsito na A1 condicionado após capotamento de autocarro
    0:17

    País

    Um acidente esta manhã na A1 com um autocarro que transportava uma equipa de andebol feminino fez 23 feridos. O veículo despistou-se e tombou no sentido Sul-Norte, logo depois da área de serviço de Aveiras de Cima. O comandante operacional distrital de Santarém, Mário Silvestre, não avança com as causas do acidente.

  • Capotamento de autocarro na A1
    5:27

    País

    O despiste e capotamento de um autocarro que ocorreu em Aveiras de Cima, no sentido Lisboa-Porto, fez 23 feridos, um em estado grave. O trânsito ficou normalizado três horas depois.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.