sicnot

Perfil

País

Mais de 20 feridos em capotamento de autocarro na A1

Mais de 20 feridos em capotamento de autocarro na A1

O autocarro da equipa sénior de andebol feminino do Clube Passos Manuel, em Lisboa, capotou este sábado na A1. Cerca de 23 pessoas ficaram feridas, apenas uma com gravidade. O acidente provocou várias horas de constrangimento na autoestrada do norte, em ambos os sentidos. O veículo de transporte foi removido pouco antes das 15h.

  • Passageiros encaminhados para o hospital por precaução
    1:17

    País

    O Diretor do clube de andebol Passos Manuel explicou à SIC quem eram as jogadoras que seguiam no autocarro e para onde iam. José Emídio diz que mesmo não havendo feridos graves, a maioria dos passageiros terá sido encaminhada para o hospital por precaução.

  • Trânsito na A1 condicionado após capotamento de autocarro
    0:17

    País

    Um acidente esta manhã na A1 com um autocarro que transportava uma equipa de andebol feminino fez 23 feridos. O veículo despistou-se e tombou no sentido Sul-Norte, logo depois da área de serviço de Aveiras de Cima. O comandante operacional distrital de Santarém, Mário Silvestre, não avança com as causas do acidente.

  • Capotamento de autocarro na A1
    5:27

    País

    O despiste e capotamento de um autocarro que ocorreu em Aveiras de Cima, no sentido Lisboa-Porto, fez 23 feridos, um em estado grave. O trânsito ficou normalizado três horas depois.

  • Autópsia à mulher baleada pela PSP contradiz agentes
    1:28

    País

    A mulher que morreu acidentalmente durante uma perseguição da PSP terá sido baleada no pescoço e o trio terá sido disparado por trás. Entretanto, segundo a imprensa, a PJ ainda não encontrou vestígios do tiroteio, entre os assaltantes do multibanco de Almada e a PSP.

  • Marinha dos EUA considera "absolutamente inaceitável" desenho de um pénis no céu

    Mundo

    Os cidadãos do Condado de Okanogan, em Washington, foram surpreendidos esta quinta-feira com o contorno de um pénis no céu. A imagem resultou de um rasto de condensação deixado por um avião militar norte-americano. A Marinha confirmou que um dos seus pilotos tinha desenhado a figura no ar e defendeu que a situação era "absolutamente inaceitável".