sicnot

Perfil

País

Testemunha relata acidente com autocarro com 18 pessoas na A1

Em atualização

Testemunha relata acidente com autocarro com 18 pessoas na A1

Carlos Alberto Alves, da Rádio Iris de Samora Correia, assistiu ao despiste que ocorreu em Aveiras de Cima, no sentido Lisboa-Porto. No autocarro encontravam-se 18 pessoas, de uma equipa feminina de andebol. O trânsito está condicionado em ambos os sentidos.

O autocarro circulava no sentido sul-norte, mas, com o despiste, passou para a faixa contrária.
A circulação no sentido sul-norte está a fazer-se pela berma, enquanto no outro sentido se faz pela via mais à direita.

  • Capotamento de autocarro na A1
    5:27

    País

    O despiste e capotamento de um autocarro que ocorreu em Aveiras de Cima, no sentido Lisboa-Porto, fez 23 feridos, um em estado grave. O trânsito ficou normalizado três horas depois.

  • País

    O CDOS de Santarém confirma que houve um acidente no sentido Lisboa - Porto. Carlos Alberto Alves, da Rádio Iris de Samora Correia, assistiu ao acidente que envolveu 18 pessoas, de uma equipa feminina de andebol.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.