sicnot

Perfil

País

Aumenta a esperança pela continuação dos norte-americanos nas Lajes

A esperança em relação à continuidade da presença militar norte-americana nos Açores está a aumentar. Várias figuras próximas da nova administração Trump têm defendido a importância da base das lajes para os Estados Unidos da América.

A primeira reunião entre o grupo criado para acompanhar o processo está marcada para maio, mas as conversas começaram ainda antes da tomada de posse.

Sabe-se que o tema foi abordado pelo embaixador português em Washington com um conselheiro de Trump e por Marcelo Rebelo de Sousa com o próprio presidente norte-americano, quando lhe telefonou a felicitá-lo pela eleição.

A perspetiva do Governo português é que a presença militar norte-americana na Terceira possa passar pela segurança marítima e pela criação de um centro científico e tecnológico de interesse estratégico para os Estados Unidos.

A favor de Portugal, está ainda o interesse chinês pela base das Lajes, que é visto com desconfiança por Washington.

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.