sicnot

Perfil

País

Câmara de Olhão vai candidatar Ria Formosa a património da UNESCO

O presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina, disse hoje à Lusa que a autarquia vai preparar uma candidatura da Ria Formosa a património natural da humanidade da UNESCO.

"A Câmara Municipal de Olhão entende que a Ria Formosa tem de ser preservada e como não confia na estrutura regional que tem de proteger o ambiente vai candidatar a Ria Formosa a património da UNESCO", disse o autarca.

Segundo aquele responsável, a candidatura vai ser preparada para ser apresentada na próxima fase de candidaturas e vai ser de caracter supramunicipal.

"Teremos de envolver todas as autarquias deste território bem como a universidade e outros parceiros", acrescentou, à margem da sessão de depoimentos que arrancou hoje no Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé a propósito de uma ação contra a Sociedade Polis e em defesa do camaleão, espécie protegida.

Um processo encetado a propósito das demolições nas ilhas-barreiras da Ria Formosa e que a autarquia considera que não acautelaram a proteção daquela espécie.

Lusa


  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.