sicnot

Perfil

País

Incêndio em fábrica de Setúbal controlado, cinco bombeiros feridos

Incêndio em fábrica de Setúbal controlado, cinco bombeiros feridos

Pelo menos cinco bombeiros ficaram feridos no combate às chamas numa fábrica de Setúbal. O fogo, em dois armazéns de enxofre, foi entretanto controlado. A  nuvem de fumo, que obrigou às populações mais próximas a ficarem em casa, começou a dissipar-se.

O incêndio que deflagrou esta magrugada, em dois armazéns da Sapec Agro, em Mitrena, Setúbal, foi controlado, mas as operações de rescaldo deverão prolongar-se por vários dias, disse o coordenador da Proteção Civil Municipal de Setúbal.

José Luís Bucho acrescentou que "ainda não foi possível entrar dentro de um dos armazéns, que tem uma estrutura em ferro que ameaça ruir e que só depois de haver condições de segurança é que se podem iniciar aí as operações de rescaldo".

"Durante o combate ao incendio, cinco bombeiros sofreram queimaduras ligeiras, mas nenhum caso inspira cuidados", adiantou.

Quanto à nuvem de fumo provocada pelo incêndio, que obrigou as populações das freguesias de Praias do Sado e Faralhão e, mais tarde, da freguesia de Gambia, Pontes e Alto da Guerra a ficarem em casa, começou a dissipar-se de forma significativa.

José Luis Bucho disse à agência Lusa que a situação deverá ficar controlada dentro de poucas horas.

O incêndio em dois armazéns de enxofre da Sapec, um produto abrasivo e tóxico, teve início às 3:00.

Com Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas.