sicnot

Perfil

País

Pessoa desaparecida no rio Criz após queda de carro de rali

Uma pessoa desapareceu esta quarta-feira no rio Criz, em Mortágua, distrito de Viseu, na sequência do despiste de uma viatura de rali, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil de Viseu.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operação de Socorro (CDOS), a viatura, que andava em treinos de rali, despistou-se e foi parar ao rio, onde, às 17:35, ainda estava submersa.

A mesma fonte sublinhou que o desaparecido era um dos ocupantes do veículo e não se encontra no habitáculo do automóvel de rali. O outro ocupante sofreu ferimentos ligeiros.

O alerta para o acidente foi dado às 15:16 e no local estavam às 17:35 os bombeiros voluntários de Viseu, com uma equipa de mergulhadores, além de elementos dos bombeiros de Mortágua e de Santa Comba Dão, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) e Guarda Nacional Republicana (GNR).

A população mais próxima do local do acidente é Vale de Paredes, Mortágua.

O rio Criz nasce na serra do Caramulo e desagua no rio Dão, já na albufeira da Aguieira.

Lusa

  • Alterações nos horários das farmácias têm o objetivo de evitar duplicação de serviços
    1:50
  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),