sicnot

Perfil

País

Presidente da Câmara de Vila Verde detido por suspeita de corrupção

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela foi hoje detido por suspeita de corrupção e prevaricação relacionado com a alienação, a uma empresa privada, de 51% de uma escola profissional.

De com fonte ligada ao processo, além do autarca do PSD foi detido o proprietário da Escola profissional Amar Terra Verde (EPATV) fundada, em 2013 pelos municípios de Vila Verde, Amares e Terras de Bouro.

A mesma fonte revelou que os dois detidos vão ser ouvidos pelo Ministério Público (MP) e pelo Juiz de Instrução no Tribunal de Braga, desconhecendo-se ainda se isso acontecerá durante o dia de hoje.

Em causa estará um caso de alegada prática dos crimes de corrupção e prevaricação no processo de alienação daquela escola, a uma empresa privada, da concessão de um parque estacionamento à superfície e da construção de um parque de estacionamento a uma empresa do setor da construção civil.

Com Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20

    País

    Dois jovens com cerca de 20 anos foram ao final da tarde deste sábado atropelados mortalmente na freguesia de Arazede, concelho de Montemor-o-Velho. O repórter da SIC Miguel Ângelo Marques falou com o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, Rui Coceiro, que revelou que as vítimas foram declaradas mortas ainda no local.

  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07