sicnot

Perfil

País

Promoção de guardas prisionais já foi desbloqueada

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, disse hoje no parlamento que já foi desbloqueada a promoção de mais de 360 guardas prisionais para a categoria de guardas principais e que mais 400 profissionais vão iniciar estágio de formação.

Respondendo a uma pergunta do deputado do PCP António Filipe sobre uma recente reunião com o sindicato dos guardas prisionais, após uma vigília desta estrutura junto à residência oficial do primeiro-ministro, Francisca Van Dunem indicou que a "pretensão justa" de promover 366 guardas à categoria de guardas principais já foi desbloqueada e que 400 guardas vão iniciar um estágio de formação.

"O que agora está em causa é um conjunto de regulamentos, alguns do estatuto dos guardas. Não podemos satisfazer todas as reivindicações, mas tudo faremos para responder às justas", disse.

Durante quase três horas de audição regimental na primeira comissão parlamentar, a deputada do CDS Vânia Silva questionou a ministra sobre a falta de técnicos de reinserção nas cadeias, ao que Francisca Van Dunem contrapôs com a admissão, o ano passado, de 28 técnicos de reinserção, lembrando quer há coisas que o governo propôs fazer em quatro anos e não em apenas um.

A mesma deputada abordou o tema do mapa judiciário, dizendo que concorda com a reativação dos tribunais, mas quer muitas vezes o Governo fala em reabertura o que "está errado".

"A ministra da justiça, de forma cautelosa fala em reativação de tribunais, o que está correto. É preciso de uma vez por todas dizer que não se trata de uma reabertura, trata-se de dar algumas valências a tribunais que tinham sido fechados", disse Vânia Dias da Silva.

Quanto à questão da falta de funcionários judiciais, a ministra adiantou que o concurso para mais 400 elementos deverá estar concluído em julho e que atualmente existem 6.627, reconhecendo que estão aquém do quadro definido.

Lusa


  • O melhor golo do 5.º dia de Mundial

    Desporto

    Numa escolha feita pelos jornalistas de desporto e do site da SIC Notícias, mostramos-lhe o melhor golo deste quinto dia de Mundial. Foi apontado por Dries Mertens, na vitória da Bélgica sobre o Panamá por 3-0.

  • Rui Patrício confirmado no Wolverhampton

    Desporto

    O Wolverhampton anunciou esta segunda-feira a contratação do guarda-redes Rui Patrício, depois da rescisão com o Sporting. O guarda-redes da seleção nacional assinou contrato com o clube inglês por quatro épocas.

    SIC

  • Novo treinador do Sporting diz que mulheres não estão preparadas para falar de futebol
    1:23
  • Salto de Cristiano Ronaldo inspira dança afro-beat

    Desporto

    Uma música humorística afro-beat, publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França.

  • Ronaldo no País dos Sovietes: As religiões praticadas na Rússia
    1:55
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.

  • Pai de Meghan Markle lamenta ser "nota de rodapé" no casamento real
    2:03
  • Quando as crianças fazem das suas... os pais é que pagam

    Mundo

    Quando as crianças fazem das suas, restam os pais para as castigar ou, em alguns casos, para sofrer as consequências desses atos. Quem o pode dizer é um casal norte-americano, que recebeu uma fatura de 132 mil dólares (cerca de 114 mil euros), depois de o filho ter derrubado uma estátua num centro comunitário.

    SIC