sicnot

Perfil

País

Protesto contra Acordo Ortográfico liga Academia das Ciências ao Tribunal Constitucional

O Acordo Ortográfico passou a ser aplicado a 1 de janeiro do ano passado nos documentos do Estado e no ano letivo 2011/2012 no sistema educativo

O grupo "Em aCção contra o Acordo Ortográfico" anunciou hoje a realização de um "cordão humano" entre a Academia das Ciências de Lisboa (ACL) e o Tribunal Constitucional, na capital portuguesa, na quinta-feira às 17:00.

Esta ação "visa apoiar as recentes iniciativas da ACL com vista a assinalar, junto do poder político, os extensos atropelos à Língua contidos no Acordo Ortográfico de 1990 (AO90)", afirma o grupo em comunicado enviado à Lusa.

O grupo conta com "mais de 75 mil membros", e qualifica a iniciativa como "simbólica", ligando, através de um "cordão humano", os trezentos metros que separam as duas instituições, localizadas junto à rua de O Século, em Lisboa.

Pretendem os promotores da iniciativa "instar a Assembleia da República a ponderar uma via de regresso, perante o caos ortográfico instalado e as perturbações fonológicas observáveis no Português, ambos em função da tentativa de aplicação do AO90".

Segundo o grupo "Em aCção contra o Acordo Ortográfico", "a ACL foi enxovalhada e subalternizada, como tem acontecido sempre desde o início deste processo de delapidação da Língua, por imposição estatal".

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.