sicnot

Perfil

País

Autarquia encerrou escolas em Setúbal devido ao nível elevado de dióxido de enxofre

RUI MINDERICO

Esta quinta-feira, todas as escolas do concelho de Setúbal estão encerradas por ordem da Câmara Municipal. O nível de dióxido de enxofre registado está 500 vezes acima da média. No armazém da Sapec, em Mitrena, continuam esta quinta-feira mais de 10 veículos e 13 operacionais.

A decisão da autarquia de encerrar todas as escolas do conselho surge na sequência das recomendações da Direção Geral de Saúde, que alerta para a existência de riscos para a saúde humana devido ao elevado nível de enxofre.

Francisco George, diretor-geral da Saúde, aconselha a população da península de Setúbal a proteger-se. Crianças, idosos e doentes crónicos não devem sair de casa, nem abrir as janelas.

Até ao momento, não foram comunicados quaisquer casos de doença ou sintomas derivados da situação.

Segundo as autoridades, os níveis de dióxido de enxofre registados no ar dispararam devido à dificuldade em extinguir o incêndio nos armazéns da Sapec, e também à nuvem de fumo que não se dissipou.

À agência Lusa, uma investigadora afirmou que as concentrações de dióxido de enxofre acima do habitual, devido ao incêndio, chegaram até ao Porto, mas que os níveis estavam a voltar ao normal.

Segundo fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, pelas 07:30 desta quinta-feira permaneciam no local 12 veículos e 13 operacionais, incluindo bombeiros e condutores das máquinas utilizadas nas operações de rescaldo nos armazéns de enxofre, um produto tóxico.

O incêndio nos armazéns de enxofre da Sapec, em Setúbal, deflagrou na madrugada de terça-feira.

Com Lusa

  • Ministério Público abre inquérito ao incêndio da SAPEC
    2:13

    País

    O Ministério Público abriu um inquérito para averiguar eventuais responsabilidades criminais no incêndio da fábrica da SAPEC, em Setúbal. A nuvem de enxofre continua a ser uma ameaça e uma preocupação para as autoridades de saúde, que recomendam que crianças, idosos e doentes respiratórios fiquem em casa - e que os eventos desportivos realizados ao ar livre sejam suspensos.

  • Armazém da Sapec totalmente destruído pelo fogo
    2:41

    País

    Seis pessoas ficaram feridas durante o combate às chamas na fábrica da Sapec Agro em Setúbal. Por causa do fumo tóxico, as escolas foram encerradas e a Proteção Civil pediu às pessoas das localidades mais próximas para que não saíssem de casa.

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.