sicnot

Perfil

País

Vice-presidente de Angola e ex-Procurador da República acusados de corrupção

O vice-presidente angolano Manuel Vicente

© Carlo Allegri / Reuters

O Ministério Público português acusou o vice-presidente de Angola Manuel Vicente e o procurador do Ministério Público Orlando Figueira de corrupção ativa e passiva. Os dois homens são ainda acusados de branqueamento, falsificação de documentos e violação do segredo de justiça.

A Operação Fizz já fez quatro arguidos. Há cerca de um ano, levou à detenção do magistrado Orlando Figueira, que ainda está em prisão domiciliária.

O ex-procurador da República está agora acusado de ter recebido cerca de 760 mil euros para arquivar processos, no qual o atual vice presidente de Angola, Manuel Vicente, estava indiciado.

De acordo com a acusação, em troca destes arquivamentos, o magistrado terá conseguido também trabalho num banco. Manuel Vicente era na altura dos factos presidente da Sonangol.

O Ministério Público vai agora notificá-lo da acusação, através de uma carta rogatória.

  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • Empate técnico a uma semana das eleições na Catalunha

    Mundo

    A sete dias das eleições regionais catalãs, várias sondagens publicadas hoje indicam que os partidos constitucionalistas estão à frente nas intenções de voto, mas os independentistas ganham em número de lugares, sem nenhum dos blocos ter maioria absoluta.