sicnot

Perfil

País

Vice-presidente de Angola e ex-Procurador da República acusados de corrupção

O vice-presidente angolano Manuel Vicente

© Carlo Allegri / Reuters

O Ministério Público português acusou o vice-presidente de Angola Manuel Vicente e o procurador do Ministério Público Orlando Figueira de corrupção ativa e passiva. Os dois homens são ainda acusados de branqueamento, falsificação de documentos e violação do segredo de justiça.

A Operação Fizz já fez quatro arguidos. Há cerca de um ano, levou à detenção do magistrado Orlando Figueira, que ainda está em prisão domiciliária.

O ex-procurador da República está agora acusado de ter recebido cerca de 760 mil euros para arquivar processos, no qual o atual vice presidente de Angola, Manuel Vicente, estava indiciado.

De acordo com a acusação, em troca destes arquivamentos, o magistrado terá conseguido também trabalho num banco. Manuel Vicente era na altura dos factos presidente da Sonangol.

O Ministério Público vai agora notificá-lo da acusação, através de uma carta rogatória.

  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07