sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para os seis detidos em operação de combate à pornografia infantil

Os seis homens detidos na terça-feira por posse, divulgação e partilha de pornografia de menores ficaram em prisão preventiva, informou a Procuradoria-Geral Distrital da Lisboa (PGDL).

A PGDL adianta que os homens, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial, "ficaram fortemente indiciados pela prática de crimes de pornografia de menores através da internet".


De acordo com a informação anteriormente divulgada pela Polícia Judiciária (PJ), os seis homens foram detidos durante uma operação, efetuada na terça-feira, de combate à pornografia de menores na internet, cumprindo nove mandados de busca em várias zonas do país.
Durante as buscas foi apreendido o material informático relacionado com os delitos, continuando as diligências para se apurar a extensão da atividade e conexões criminosas do caso.


A PGDL já tinha divulgado que as buscas incidiram na área da Grande Lisboa e no Porto, precisando que na denominada operação 'Daylight', foram realizadas nove buscas domiciliárias.


A investigação começou com uma comunicação da Europol e ficou a cargo do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, tendo a PGDL informado, na altura, que existiam "indícios de que os suspeitos, residentes nas áreas da grande Lisboa e do Porto, guardavam em computadores e/ou outros dispositivos de armazenamento de dados, ficheiros contendo imagens de abusos sexuais de crianças, os quais partilham na internet".


A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da 2.ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP)de Lisboa, com a coadjuvação da PJ.


Na semana passada, foi também posta em marcha uma operação de combate à pornografia infantil e acesso ilegítimo, com buscas em locais da Grande Lisboa e zonas limítrofes.


Também neste caso, na base da investigação esteve uma troca de informações com polícias de outros países, através da Europol.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.