sicnot

Perfil

País

PSP destrói mais de três mil armas

Marcos Borga

A PSP destruiu na terça-feira mais de três mil armas de fogo e armas brancas dadas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, administrativos ou contraordenações, divulgou esta sexta-feira a polícia.

Em comunicado, a direção da PSP adianta que foram destruídas 3.129 armas numa empresa especializada depois de terem sido apreendidas ou entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

As armas, entre as quais pistolas, revólveres, espingardas, punhais, navalhas, espadas, foram destruídas devido ao seu estado de degradação já que eram inúteis para atividade operacional, formativa, cultural ou museológica das forças de segurança.

Em 2016, a PSP realizou sete operações de destruição de armas, num total de cerca de 24 mil armas de fogo e armas brancas.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14