sicnot

Perfil

País

Cristas acusa Governo de centrar discurso nas metas do défice

Presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

Jo\303\243o Relvas

A líder dos centristas, Assunção Cristas, acusa o Governo liderado por António Costa de centrar o discurso nas metas do défice e garante que o Conselho de Ministros do Executivo PSD-CDS nunca foi envolvido nas questões da banca. Declarações proferidas em entrevista ao jornal Público.

A antiga ministra da Agricultura e do Mar alega que o atual Governo está a usar os mesmos instrumentos que Pedro Passos Coelho usou para cumprir as imposições da União Europeia.

Na entrevista que hoje faz capa do Público, a candidata a Lisboa acusa o Executivo de fugir ao que prometeu no programa eleitoral e diz que, independentemente da devolução de rendimentos às famílias, não acredita numa diminuição significativa da carga fiscal.

Na mesma entrevista, Cristas volta a sair em defesa de Paulo Núncio, a propósito da polémica das transferências para contas offshores.

Já em relação ao setor financeiro, a centrista defende que a banca é um assunto do Banco de Portugal e que o CDS resistiu à recondução do governador Carlos Costa. Além disso, Cristas garante que o colapso do BES nunca foi discutido com profundidade nas reuniões do conselho de ministros.

Na entrevista ao Público, a antiga ministra da Agricultura e do Mar alega que o atual governo está a usar os mesmos instrumentos que Pedro Passos Coelho usou para cumprir as imposições da União Europeia.

A candidata a Lisboa acusa o Executivo de fugir ao que prometeu no programa eleitoral e diz que, independentemente da devolução de rendimentos às famílias, não acredita numa diminuição significativa da carga fiscal.

Na mesma entrevista, Cristas volta a sair em defesa de Paulo Núncio, a propósito da polémica das transferências para contas offshores. Já em relação ao setor financeiro, a centrista defende que a banca é um assunto do Banco de Portugal e que o CDS resistiu à recondução do governador Carlos Costa.

Além disso, Assunção Cristas garante que o colapso do BES nunca foi discutido com profundidade nas reuniões do Conselho de Ministros.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.