sicnot

Perfil

País

Legionella detetada em torre de arrefecimento de fábrica na Maia

Legionella detetada em torre de arrefecimento de fábrica na Maia

Há um caso de legionela confirmado na Sakthi Portugal, fábrica de componentes de automóveis em Vermoim, Maia. A administração assegura que a contaminação se resume a um colaborador, mas a Direção-Geral de Saúde adiantou que há mais sete pessoas a serem avaliadas.

  • Sakhti confirma um caso de legionella reportado em novembro
    2:19

    País

    A administração da Sakhti, onde a Direção-Geral de Saúde confirmou ontem um caso de legionella, garante que a empresa é reconhecida pelas boas práticas. Jorge Fesch adianta que as medidas de segurança foram reforçadas desde que foi reportado um caso em novembro de 2016, mas admite que os trabalhadores não foram avisados nessa altura para evitar situações de pânico.

  • Moradores de Vermoim preocupados com legionella
    1:06

    País

    A fábrica da Maia onde foi detetado um caso de legionella fica perto de uma zona residencial e de uma escola na zona de Vermoim. João Santos vive nas imediações e garante que moradores já apresentaram várias queixas nos últimos anos por causa da poluição.

  • Legionella: técnicos da Inspeção-Geral do Ambiente na Sakthi da Maia
    3:14

    País

    Técnicos da Direção-Geral do Ambiente estão neste momento na empresa Sakthi, na Maia, que será o foco de origem do caso de legionella confirmado ontem. Entretanto, o presidente da Câmara da Maia criticou a Direção-Geral de Saúde por não ter alertado a autarquia. No local está a repórter da SIC Catarina Lázaro.

  • Caso de legionella na Maia foi sinalizado em fevereiro
    0:52

    País

    A Direção-Geral da Saúde confirmou esta segunda-feira que há um caso de legionella numa fábrica da Maia e outros sete caso que estão a ser avaliados. O diretor-geral da Saúde revela que o caso foi sinalizado na última semana de fevereiro.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15