sicnot

Perfil

País

Mãe que saltou para o Cávado com filho condenada por homicídio simples

O Tribunal de Braga condenou hoje a mãe que saltou para o rio Cávado com o filho, em junho do ano passado, a 10 anos de prisão numa unidade de saúde mental, por homicídio simples.

Última atualização às 15:02

A mulher, de 37 anos, estava acusada pelo crime de homicidio qualificado, mas acabou por ser condenada por homicídio simples, pela morte da criança de 6 anos.

A arguida tem estado nos últimos nove meses internada, com pulseira electrónica, numa unidade de saúde mental. E assim deverá continuar, enquanto se mantiver em estado de depressão, já que o colectivo de juízes considerou que os estabelecimentos prisionais não são, por agora, adequados à reclusa.

A defesa chegou a alegar que a arguida seria inimputável, por sofrer de problemas mentais. Não foi esse no entanto o entendimento do tribunal.

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.