sicnot

Perfil

País

Governo "não foi formalmente consultado" sobre aeroporto da Madeira

HUGO DELGADO

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou esta quinta-feira que o Governo "não foi formalmente consultado" sobre a questão da atribuição do nome do futebolista Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira.

"O Governo da República não foi formalmente consultado sobre a matéria", referiu Pedro Marques, em Guimarães, sublinhando que a questão está a ser liderada e conduzida, "e muito bem", pela ANA - Aeroportos de Portugal.

A 21 de Junho de 2016, o Governo Regional decidiu atribuir o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira, arquipélago de onde o futebolista é natural.

A cerimónia de atribuição do nome está marcada para 29 de março, no dia a seguir ao encontro particular de futebol entre as seleções de Portugal e Suécia, que será disputado no Funchal.

A 08 de março, o jornal Público e o matutino madeirense Diário de Notícias referiram que o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas "levantou dúvidas sobre a legitimidade do Governo madeirense para atribuir o nome" de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da ilha, adiantando que o ministro Pedro Marques teria "pedido mesmo um parecer à ANA" sobre este assunto.

Hoje, Pedro Marques garantiu que não foi pedido nenhum parecer. "Não pedimos qualquer parecer à ANA, a ANA tem os seus documentos, tem a sua análise, tem a sua gestão do dossiê e fez a gestão, e bem, do meu ponto de vista, do dossiê", afirmou o governante.

Disse ainda que "qualquer interacção" do Governo com a ANA ou com o Governo Regional não é feita "através da comunicação social".

O presidente do Governo madeirense já considerara, entretanto, uma "falta de educação" e uma "deselegância" colocar em causa a competência da região para alterar o nome do aeroporto da ilha para homenagear o futebolista Cristiano Ronaldo.

Miguel Albuquerque sublinhou que "o aeroporto é propriedade da Região Autónoma da Madeira" e que toda esta questão "não tem nem pés nem cabeça".

Lusa

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47