sicnot

Perfil

País

Abrantes lembra que liberdade condicional foi recusada duas vezes

Abrantes lembra que liberdade condicional foi recusada duas vezes

Manuel Abrantes sai assim da prisão da Carregueira oito meses antes da data prevista. Estava preso desde abril de 2013, altura em que foi condenado a cinco anos e nove meses de prisão. À saída, Manuel Abrantes relembrou que já lhe tinha sido recusada por duas vezes a liberdade condicional.