sicnot

Perfil

País

PJ detém três suspeitos de burla internacional de 10 milhões de euros

© Leonhard Foeger / Reuters

A Polícia Judiciária deteve três homens por branqueamento de capitais e burla de âmbito internacional. Em causa estarão cerca de 10 milhões de euros.

Última atualização às 12:42

O dinheiro terá chegado a Portugal atraves de transfêrencias bancárias e seria branqueado por meio de empresas fictícias que compravam imóveis e viaturas de luxo.

As detenções aconteceram esta quinta-feira. Na operação, a PJ apreendeu imóveis e várias viaturas.

Foram ainda apreendidos cinco milhões de euros que estavam em contas bancárias.

A operação da Judiciária foi dirigida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal do Ministério Público.

Não é conhecida nenhuma profissão dos detidos, que nunca tinham apresentado declaração de rendimentos.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35