sicnot

Perfil

País

Pedro Dias chega sorridente ao tribunal

Pedro Dias chega sorridente ao tribunal

O Tribunal de São Pedro do Sul começa hoje a julgar Pedro Dias, o alegado homicida de Aguiar da Beira, mas por um crime de furto com mais de cinco anos.

Eram 10:15 quando Pedro Dias chegou ao tribunal, sorridente e acenando às pessoas que aguardavam o momento.

Conhecido como o "homicida de Aguiar da Beira" e atualmente em prisão preventiva, vai começar a ser julgado por um crime de furto.

Os factos remontam ao dia 24 janeiro de 2012. Durante a madrugada, Pedro Dias deslocou-se a São Pedro do Sul onde terá furtado duas chapas de matrícula de um automóvel ligeiro. Essas chapas foram encontradas cerca de três anos depois numa das quintas de Pedro Dias, no âmbito de outra investigação sobre furto de aves.

Pedro Dias é suspeito de um duplo homicídio a 11 de outubro do ano passado e esteve cerca de um mês desaparecido e em fuga, até se se entregar às autoridades. Além dos dois crimes , o homem de 44 anos é acusado de dois crimes de homicídio qualificado, três de homicídio qualificado na forma tentada, três crimes de sequestro e um de roubo.

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Pedro Dias é suspeito de ter feito um assalto em 2010
    2:07

    País

    Além dos crimes de Aguiar da Beira, Pedro Dias é suspeito de ter feito um assalto a uma casa de rações de Leiria em 2010. A arma que à data foi usada numa troca de tiros com a GNR terá sido a mesma que matou o militar Carlos Caetano, no passado dia 11 de outubro. Pedro Dias continua em silêncio e os investigadores ainda não encontraram a pistola.

  • PJ encontrou jipe que Pedro Dias roubou

    País

    A Polícia Judiciária encontrou este sábado o jipe que o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira, Pedro Dias, terá roubado em Sabrosa há duas semanas, durante a fuga às autoridades, que durou quase um mês.

  • Vaca algarvia em risco de extinção
    3:42

    País

    É uma corrida contra o tempo e o risco iminente de extinção. Numa altura em que são conhecidos apenas cinco exemplares da raça bovina algarvia, a inseminação artificial parece ser a única forma de evitar o desaparecimento completo de uma raça que foi desaparecendo com as mudanças na agricultura.