sicnot

Perfil

País

Compra de cinco helicópteros ligeiros era "realmente uma prioridade"

ESTELA SILVA

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, disse esta segunda-feira que a compra de cinco helicópteros ligeiros para substituir a frota de Alouette III era "realmente uma prioridade" para a Força Aérea Portuguesa.

À margem da iniciativa "Viver o Douro com mais Segurança", no Porto, o governante afirmou que, autorizada a sua aquisição, vai ser aberto um concurso público internacional e os "fantásticos" Alouette III vão ser substituídos porque a partir de 2018 não podem voar mais, já que foram "totalmente descontinuados".

O Governo autorizou a compra, no montante de 20,5 milhões de euros, de cinco helicópteros ligeiros para substituir a frota de Alouette III da Força Aérea Portuguesa, que opera há mais de 50 anos.

O despacho, assinado pelo ministro da Defesa, autoriza a compra de cinco helicópteros ligeiros "com opção até mais dois", incluindo de treino, sobresselentes e material de apoio, com o preço base de 20,5 milhões de euros, através de verbas inscritas na Lei de Programação Militar.

A substituição destes helicópteros era reclamada há vários anos pela Força Aérea.

"Era realmente uma prioridade para a Força Aérea Portuguesa e, ao mesmo tempo, dotar os helicópteros que venham a ser adquiridos de meios necessários para participarem no combate a incêndios (...), faz sentido que se realize uma localizada despesa suplementar", entendeu.

Os novos helicópteros deverão estar aptos a garantir a instrução de pilotagem, as missões de busca e salvamento costeiro, o transporte geral e a evacuação sanitária militar.

Estes helicópteros deverão também estar equipados para poderem integrar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais, no âmbito do apoio a missões de interesse público, nomeadamente à Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.