sicnot

Perfil

País

"O que nos faz estar na política é a defesa da dignidade humana"

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

O primeiro-ministro António Costa assumiu esta terça-feira estar na política pela defesa da dignidade da pessoa humana, mas alertou que esta é muitas vezes feita à distância e esquecendo o seu real objetivo.

"Muitas vezes a política é feita com distância e sem termos presente que aquilo que justifica a política e a nossa ação tem a ver com a dignidade da pessoa humana. O que nos faz estar na política e o que faz estas mulheres e homens servir a coletividade, sendo bombeiros, é a defesa da dignidade da pessoa humana", sustentou.

António Costa, que esteve esta tarde no lançamento simbólico da primeira pedra do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Famalicão da Serra, no concelho e distrito da Guarda, sublinhou que a sua presença serviu acima de tudo "para prestar homenagem a uma comunidade e a um exemplo de vida".

"A última vez que aqui estive foi numa noite trágica em que a aldeia e em particular a família do bombeiro Sérgio Rocha choravam a sua morte e a de cinco sapadores chilenos", recordou.

Cinco sapadores chilenos e um bombeiro português morreram carbonizados em julho de 2006, quando combatiam um incêndio em Famalicão da Serra, no concelho da Guarda.

Na altura, António Costa era ministro da Administração Interna e deslocou-se à freguesia do concelho da Guarda onde ocorreu a tragédia.

"Era um momento de grande tristeza e em que pude sentir aquilo que é a dor efetiva de uma família e uma comunidade que vê partir um dos seus perante a violência do fenómeno natural e quando sacrificam a vida na defesa de um bem fundamental que é o património da nossa floresta", apontou.

Ao longo da sua intervenção, o representante do Governo realçou o conforto e a ajuda que recebeu do então presidente da Assembleia Municipal da Guarda, João Almeida Santos, que para além de o acolher, visitou consigo a família enlutada.

"Hoje, quando a mãe do Sérgio Rocha me cumprimentou com um sorriso e quando hoje vejo que o novo comandante desta corporação é o seu irmão e que toda a família continua a ser bombeiro fardado ou não fardado e a continuar este combate que o Sérgio perseguiu toda a sua vida, é de facto um testemunho de vida que acho que nos deve encher de orgulho a todos", destacou.

O novo quartel de Bombeiros de Famalicão da Serra, cuja primeira pedra foi hoje lançada pelo primeiro-ministro António Costa, vai custar cerca de 620 mil euros, financiados a 85 por cento por fundos comunitários.

A corporação é constituída por 56 bombeiros no corpo ativo, que vinham ocupando uma subcave de um edifício "sem condições nenhumas".
Para o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Famalicão da Serra, António Fontes, esta é uma obra obrigatória, que marca um novo ciclo que vai ficar na história da freguesia.

"Ficam a faltar 44 mil euros para equipamentos", concluiu.

O lançamento simbólico da primeira pedra do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Famalicão da Serra contou ainda com a presença da ministra e o secretário de Estado da Administração Interna, o embaixador do Chile em Portugal e o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Lusa

  • Costa lança primeira pedra do novo quartel de bombeiros em Famalicão da Serra
    1:08

    País

    António Costa lançou esta terça-feira a primeira pedra do novo quartel de bombeiros voluntários, em Famalicão da Serra, na Guarda. Na cerimónia, o primeiro-ministro dedicou algumas palavras à família do bombeiro português que faleceu há dez anos. António Costa sublinhou o exemplo dos familiares, em particular dos dois irmãos dos bombeiros que agora integram a corporação de Famalicão da serra.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC