sicnot

Perfil

País

Mais de 360 detidos esta semana, maioria por conduzir sob efeito de álcool

(Lusa/Arquivo)

PAULO CUNHA

Mais de 360 pessoas foram detidas esta semana, a maioria por condução sob o efeito de álcool, segundo a Guarda Nacional Republicana (GNR).

No conjunto de operações desenvolvidas pela GNR além da atividade diária e que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, foram detidas 134 pessoas por condução sob efeito do álcool, 72 por conduzirem sem habilitação legal e 17 por tráfico de droga.

Outras 11 foram detidas por posse ilegal de arma e sete por furto, acrescenta a GNR, em comunicado.

Nestas operações, que decorreram entre os dias 14 e 20 de abril, foram detetadas 8.957 infrações rodoviárias, entre as quais 4.259 excessos de velocidade, 353 por falta de inspeção periódica obrigatória e 330 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

Foram igualmente registadas 320 infrações por incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinhas para crianças, 315 relacionadas com tacógrafos e 301 por uso de telemóvel durante a condução.

No âmbito do combate à criminalidade, a GNR apreendeu 994 doses de haxixe, 84 de cocaína, 13 armas de fogo, 397 munições de vários calibres, 17 armas brancas, 13 veículos, 111 quilos de folha de tabaco, 1.197 artigos contrafeitos e 1.207 euros em numerário.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24