sicnot

Perfil

País

Fenprof faz ultimato ao ministro da Educação

MANUEL DE ALMEIDA

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) fez esta sexta-feira um ultimato ao Ministério da Educação (ME) para que dê resposta a reivindicações e divulgou um calendário de ações de protesto, incluindo um pré-aviso de greve.

A Fenprof pretende entregar em 22 de maio o pré-aviso de greve, para 7 de junho e dias seguintes, momento coincidente com o período de avaliações, para os docentes das escolas públicas de ensino artístico especializado, para exigir a abertura de um processo de vinculação extraordinária.

Em comunicado, a estrutura sindical informou que "entregou hoje no Ministério da Educação um pedido de reunião ao ministro, a realizar com caráter de urgência, na qual pretende obter respostas concretas e inequívocas sobre um conjunto de aspetos relacionados com carreiras, aposentação, horários de trabalho, combate à precariedade e gestão das escolas".

"Entende a Fenprof que esta reunião com o ministro da Educação deverá ter lugar antes de 26 de maio e que, até 26 de maio, todas as questões colocadas no ofício hoje entregue deverão ser devidamente esclarecidas".

A federação sindical acrescenta no comunicado que já estão marcadas reuniões, para o final do mês, para analisar as respostas do ministro Tiago Brandão Rodrigues e as opções sindicais.

Para além do pré-aviso de greve, o calendário de ações de protesto anunciado pela Fenprof prevê também, para 17 de maio, uma concentração junto ao Ministério da Educação para entregar milhares de postais exigindo a aprovação de um regime excecional de aposentação.

Também em 17 de maio, a estrutura sindical pretende acompanhar o debate parlamentar de uma petição, que promoveu, sobre aspetos como carreiras, aposentação e horários de trabalho.

Lusa

  • Mário Nogueira diz que Governo adia compromissos
    0:43

    País

    Mário Nogueira diz que os compromissos que o Governo assumiu com os trabalhadores, ainda em campanha eleitoral, estão a ser adiados. Para o secretário-geral da FENPROF, as greves só não acontece se o Executivo quiser cumprir o que prometeu.

  • Professores protestam em Lisboa
    1:40

    País

    Os professores saíram esta terça-feira às ruas de Lisboa. Cerca de 1.500 docentes participara na manifestação exigir melhores condições de trabalho. A FENPROF admite avançar para a greve caso não seja ouvida pelo Governo.

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC