sicnot

Perfil

País

Mulheres são mães pela primeira vez em média aos 30 anos

A idade média das mães em Portugal, ao nascimento do primeiro filho, aumentou dos 23,9 anos em 1986 para os 30,3 anos em 2016, divulgou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados, relativos a 2016, 2015 e ao Censos 2011, são reproduzidos numa infografia com que o INE assinala o Dia da Mãe, que se comemora no domingo.

No ano passado nasceram em Portugal 87.126 bebés, a maior parte meninos (44.789 contra 42.337 meninas), com a Área Metropolitana de Lisboa a ser a região com mais nascimentos (29.039) e a Madeira com menos nascimentos (1.058).

Em 2016, a maioria das mulheres foi mãe com idade entre os 20 e os 34 anos (faixa etária onde se registaram 57.507 nascimentos), seguindo-se 35 ou mais anos (27.411 bebés) e com menos de 20 anos (2.208 bebés).

Portugal tinha, em 2015, o índice sintético de fecundidade mais baixo dos países da União Europeia (1.30).

O mais recente censos populacional, de 2011, contabilizava 2,01 milhões de mães, dos quais 416,3 mil a viverem sozinhas com os filhos, metade das quais empregadas.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57