sicnot

Perfil

País

Queda de uma árvore interrompe circulação ferroviária na Linha do Norte

A queda de uma árvore na Linha do Norte, entre Coimbra B e Souselas, levou esta sexta-feira à tarde ao corte da circulação ferroviária, informaram à Lusa fontes oficiais da CP-Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal.

"Na zona entre Coimbra B e Souselas caiu uma árvore à linha, que está a abanar a catenária, e a circulação está interrompida nos dois sentidos", explicou uma fonte da CP, acrescentando que a queda ocorreu pelas 15h40.

A interrupção da circulação obrigou à paragem de três comboios, dois Intercidades e um Alfa Pendular, que se encontram a aguardar em estações pelo retomar do serviço.

No local já se encontra uma equipa da Infraestruturas de Portugal (IP) para resolver o problema, mas a mesma fonte da CP não dispunha de informação acerca do prazo para a conclusão dos trabalhos.

Segundo fonte oficial da IP, a equipa no local já está a efetuar trabalhos para desimpedir a linha, o que prevê que aconteça com alguma brevidade, mas não dispunha ainda de elementos acerca da hora em que isso aconteceria.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01