sicnot

Perfil

País

Pedro Passos Coelho acusa Governo de falta de ambição para o país

FERNANDO VELUDO

O presidente do PSD acusou hoje o Governo de falta de ambição para o país, disse que nunca houve tantos trabalhadores a ganhar o salário mínimo e adiantou que a dívida aos hospitais no primeiro trimestre cresceu 29%.

%."Deixaram o país sem dinheiro, mas depois o país devia era gastar. E agora? Quando temos condições e deviamos estar a crescer, nunca tivemos tantos trabalhadores a ganhar o ordenado mínimo", afirmou Passos Coelho.

O líder social-democrata, que se deslocou a Castelo Branco, para participar na apresentação do candidato do PSD, Carlos Almeida, à câmara local, recordou que quando chegou ao Governo, encontrou o país com um défice de quase 11% e quando saiu, deixou o défice em praticamente 3%."Estamos muito satisfeitos por estarmos mais próximos do equilibrio orçamental.

Mas, as medidas que hoje aplicam são as que criticavam no passado", disse.Adiantou ainda que gostava que o Governo liderado por António Costa usasse o equilíbrio para promover o crescimento do país: "É isso que queremos".Passos Coelho disse que espera que, numa altura em que se fala na reestruturação e renegociação da divida, que isso não seja prejudicial e acrescentou que Portugal devia crescer tanto como a média europeia.

"O principal problema é a falta de ambição da agenda reformista a pensar no futuro. O Governo é pouco ambicioso e quer preservar a sua sobrevivência", frisou.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.