sicnot

Perfil

País

Fenprof contra regime de permutas apresentado pelo Governo

MANUEL DE ALMEIDA

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) contestou esta quinta-feira o projeto do Ministério da Educação para um novo regime de permutas entre docentes, considerando-o restritivo face ao que está em vigor.

De acordo com a Fenprof, a proposta que o Ministério apresentou hoje aos sindicatos "afasta vários grupos de professores" e "elimina direitos que já se encontravam legalmente consagrados".

A estrutura sindical considerou necessária mais uma reunião sobre este diploma, que ficou agendada para o dia 19, aguardando que o Ministério elabore uma nova versão.

Em comunicado, a Federação anunciou que aproveitou a reunião com a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, para discutir outras questões, como a vinculação de professores contratados.

Os professores tiveram nos últimos anos dois processos de vinculação extraordinária, pelo que estão agora fora do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVAP).

A FENPROF reclama, no entanto, que sejam criadas condições, no âmbito da tutela, que garantam a integração de mais professores nos quadros.

Neste sentido, continua a exigir um compromisso escrito de que sejam abertos novos processos de vinculação em 2018 e 2019.

Face à anunciada possibilidade de greve às avaliações, em junho, nas escolas públicas do ensino artístico especializado, a FENPROF vai esperar até ao dia 22 por uma resposta do Ministério para vincular estes professores, também através de um processo extraordinário.

Caso não surja uma resposta positiva, promete entregar o pré-aviso de greve num ato público.

Lusa

  • Bruxelas aguarda relatório completo para analisar pesca da sardinha
    1:29
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Novas regras para compra e venda de animais
    2:04

    País

    Foi aprovado o projeto de lei do PAN que regula transações de animais de companhia. O diploma proíbe, ainda, a publicidade e a venda online de animais selvagens. As multas para o incumprimento da legislação poderão ir dos 200 aos 3.740 euros.

  • Assédio proibido por lei
    1:40

    País

    Ser assediado no emprego é agora proibido por lei e passa a dar direito a indemnização. É o que prevê o diploma aprovado ontem no Parlamento, com as abstenções do PSD e do CDS.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias