sicnot

Perfil

País

GNR detém dois chineses na fronteira do Caia e apreende 480 mil euros

Dois homens de nacionalidade chinesa foram hoje detidos pela GNR na fronteira do Caia, em Elvas, distrito de Portalegre, por alegado branqueamento de capitais, tendo-lhes sido apreendidos 480 mil euros em numerário, anunciou a Guarda.

Segundo o Comando Territorial de Portalegre da GNR, a detenção dos homens, de 35 e 36 anos, foi efetuada pelo efetivo empenhado no controlo da fronteira do Caia, no âmbito da "Operação Fronteira Branca".

Os cidadãos chineses, pode ler-se num comunicado da Guarda, foram detidos "em flagrante delito" pelo alegado crime de branqueamento de capitais, tendo na sua posse "cerca de 480 mil euros, em notas de 50, 100 e 500 euros", que foram apreendidos.

"Os dois detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial durante a tarde de hoje", acrescentou a GNR.

No âmbito da "Operação Fronteira Branca", por ocasião da visita do papa a Portugal, foi reposto o controlo documental dos cidadãos nas fronteiras aéreas, marítimas e terrestres do país, desde as 00:00 de quarta-feira e até às 00:00 do próximo domingo.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), entidade responsável pela operação, indicou que, em todas as fronteiras, existem pontos de passagem autorizados, sendo nove as passagens terrestres autorizadas.

Estes pontos são Valença-Viana do Castelo, Vila Verde da Raia-Chaves, Quintanilha-Bragança, Vilar Formoso-Guarda, Termas de Monfortinho-Castelo Branco, Marvão-Portalegre, Caia-Elvas, Vila Verde de Ficalho-Beja e Vila Real de Santo António.

O controlo documental foi reposto por "razões de segurança interna e ordem pública", devido à visita do papa Francisco a Fátima.

Esta medida foi decidida pela Governo devido à "dimensão, características, complexidade do evento, visibilidade mediática e enorme afluxo de pessoas" que são esperadas em Fátima e ao "contexto atual de ameaça".

Além da reposição do controlo das fronteiras aéreas, marítimas e terrestres, a "Operação Fronteira Branca" inclui ainda um "reforço de atividade de fiscalização a estrangeiros" no país, "controlos inopinados aos voos Schengen nos aeroportos e embarcações nos portos e marinas, controlos móveis junto aos CCPA (Centros de Cooperação Policial e Aduaneira) e áreas adjacentes e possível reforço da fiscalização e controlo aos movimentos em aeródromos".

O papa Francisco está a Fátima entre sexta-feira e sábado para as comemorações do centenário das aparições.RRL (HYT/CMP) //

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.