sicnot

Perfil

País

PSP localizou adolescente desaparecida em Famalicão e deteve jovem de 21 anos

A PSP já localizou a menor de Famalicão que estava desaparecida desde quarta-feira, numa operação que levou também à detenção de um jovem de 21 anos, informou à Lusa fonte daquela força. Segundo a fonte, a adolescente, de 14 anos, poderá ter conhecido o jovem através das redes sociais.

O caso vai agora passar para a Polícia Judiciária, já que em causa poderá estar um crime de abuso sexual de menores.

Na quarta-feira, a adolescente, que frequenta a EB 2,3 Júlio Brandão, em Famalicão, não foi às aulas nem regressou a casa, tendo a mãe dado o alerta às autoridades.

A meio da tarde de hoje, a PSP localizou a adolescente e o jovem que a terá seduzido.

"Estavam em locais diferentes", disse a fonte, escusando-se a revelar em que localidade foram encontrados.

Lusa

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39
  • Como um tweet de Kylie Jenner levou à queda das ações do Snapchat

    Economia

    As ações da Snap Inc., empresa que gere o Snapchat, fecharam a cair 6% na bolsa de Wall Street, esta quinta-feira, depois de Kylie Jenner ter anunciado que tinha deixado de usar a aplicação. A celebridade norte-americana tem mais de 24 milhões de seguidores e é considerada uma das utilizadoras mais influentes do Snapchat.

  • Arqueólogos anunciam descoberta de selo com assinatura do profeta Isaías

    Mundo

    Arqueólogos israelitas afirmam ter descoberto a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta bíblico Isaías, a quem se atribui a autoria de um livro do Antigo Testamento e de vários excertos do Novo Testamento. O achado arqueológico agora divulgado poderá ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias de Judá.

  • Substituiria o seu café por bolotas?

    País

    Investigadores da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) desenvolveram um produto à base de bolotas para substituir o café, de forma a evitar os efeitos negativos que esta bebida pode ter nos consumidores.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00