sicnot

Perfil

País

Madonna no Liceu Francês de Lisboa

A cantora Madonna esteve esta quinta-feira no Liceu Francês, em Lisboa, para se informar sobre as condições de inscrições na instituição de ensino.

A cantora norte-americana, de férias em Lisboa desde o início da semana, foi vista no liceu Charles Lepierre, na zona das Amoreiras.

Já esta semana, Madonna partilhou na rede social Instagram fotos das filhas no Oceanário de Lisboa.

Instagram
Instagram
Instagram

Madonna está de férias com as filhas Stella e Esther, de 4 anos, que foram adotadas no início do ano no Malawi.

Os filhos mais velhos, Mercy e David Bandas, já frequentam o liceu francês de Nova Iorque.

O filho de 11 anos, David Banda, encontra-se a treinar junto da equipa sub-12, no centro de estágios do Benfica, no Seixal.

  • Madonna de férias em Lisboa?
    1:25

    Cultura

    Nas redes sociais portuguesas não se fala de outra coisa: ao que parece, Madonna está em Lisboa para uns dias de férias com os filhos. A cantora publicou fotos das filhas, que parecem ser do Oceanário de Lisboa e do Hotel Ritz. O filho David terá sido visto na cidade a praticar desportos e há quem diga que a cantora vem à procura de casa.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC