sicnot

Perfil

País

Apenas 12% dos portugueses entregam resto dos medicamentos nas farmácias

David Clifford

A maioria dos portugueses ainda não entrega os restos de medicamentos nas farmácias. De acordo com dados da associação ambientalista Zero, só 12 em 100 portugueses deixam as embalagens vazias e os restos de remédios no local adequado.

A associação alerta que muito deste lixo pode chegar a aterros ou às águas residuais. No entanto, a Zero não deixa de realçar que Portugal é um dos poucos países da União Europeia com uma entidade gestora responsável pelo tratamento deste tipo de resíduos.

A Zero analisou os dados da Valormed e concluiu que, no ano passado, a indústria farmacêutica colocou 315 milhões de unidades de embalagens de venda no mercado, a que corresponde um potencial de resíduos gerados de 7,4 toneladas.


  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".