sicnot

Perfil

País

Instituto de Medicina Legal com falta de frigoríficos

O Instituto Nacional de Medicina Legal (INMLCF) disse esta sexta-feira que "tem sido observado um elevado número de corpos autopsiados" por reclamar, o que tem originado a que alguns sejam guardados fora das câmaras frigoríficas, atualmente insuficientes para as necessidades.

"Tem sido observado um elevado número de corpos autopsiados que não são levantados pelas famílias. Nos termos da lei, o INMLCF tem de aguardar 30 dias até que possa solicitar um funeral económico à Santa Casa da Misericórdia. Apesar de não ser um problema novo, é verdade que esta situação tem originado a existência de um maior número de corpos por reclamar do que o habitual. Alguns corpos têm permanecido na sala de autópsias com temperatura reduzida, não sendo verdade que haja cadáveres nos corredores", refere uma resposta do Ministério da Justiça à Lusa.

A Lusa questionou a tutela sobre denúncias que davam conta de que haveria um problema com as câmaras de refrigeração para guardar os corpos autopsiados e que essa situação estaria a motivar que estes se acumulassem pelos corredores do instituto, tendo a tutela negado que haja corpos nos corredores, mas reconhecido uma insuficiência na capacidade de armazenamento em câmaras frigoríficas originada pelo aumento de cadáveres por reclamar.

"Não houve nenhuma alteração recente relativamente à capacidade frigorífica da Delegação do Sul do INMLCF. [...] Face à capacidade frigorífica existente, o INMLCF adjudicou no passado dia 6 de abril a construção de uma outra câmara frigorífica que se encontra em construção", explica a mesma resposta do Governo.

Lusa

  • Presidente do Conselho Europeu admite divergências com Trump

    Mundo

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, admitiu hoje que a reunião mantida em Bruxelas com o presidente norte-americano, Donald Trump, permitiu constatar pontos de concordância em várias áreas, mas também de discordância noutras, como clima, comércio e Rússia."

  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Mexicana vence ultramaratona a correr de sandálias e de saia

    Desporto

    Uma mexicana venceu uma ultramaratona de 50 quilómetros a correr de saia e sandálias de borracha. María Lorena Ramírez, de 22 anos, não é atleta profissional, nem recebeu treino específico para a Ultra Trail Cerro Rojo, prova que venceu, mas pertence à tribo Tarahumara, com uma longa e invulgar tradição de excelentes corredores.

    SIC

  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08