sicnot

Perfil

País

Marcelo reforça críticas à falta de consenso para candidatura à Agência Europeia do Medicamento

Marcelo reforça críticas à falta de consenso para candidatura à Agência Europeia do Medicamento

O Presidente da República voltou hoje a criticar a falta de consenso à volta da candidatura portuguesa à Agência Europeia do Medicamento. Mesmo sendo defensor da descentralização, Marcelo Rebelo de Sousa avisa que toda a discussão à volta da candidatura de Lisboa pode tornar impossível aquilo que já é difícil.

  • "Não houve um caderno de encargos"
    0:56

    País

    Rui Moreira garante que se houver resposta positiva de António Costa, tudo fará para apresentar uma candidatura do Porto para receber a sede da Agência Europeia do Medicamento. Rui Moreira reagiu ainda às palavras de Marcelo Rebelo de Sousa, que defendeu que esta discussão devia ter acontecido antes da candidatura.

  • Ministro da Saúde acusado de provincianismo
    2:13

    País

    O ministro da Saúde foi confrontado, esta quarta-feira, no Parlamento, com críticas à redução das contratações no setor e à escolha de Lisboa para acolher a Agência Europeia do Medicamento. Adalberto campos Fernandes respondeu aos que o acusam de estar a implementar "medidas austeritárias" no Serviço Nacional de Saúde, com a garantia de que a tutela está atenta às possíveis consequências.

  • "Estamos longe de ter condições para tantos adversários"
    2:25

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa arrefeceu a polémica em torno da Agência Europeia do Medicamento, numa altura em que várias cidades portuguesas contestam a decisão do Governo de candidatar Lisboa. Em visita à Feira do Livro de Lisboa, o Presidente da República disse que toda esta situação devia ter acontecido antes do Governo ter formalizado a canditura e acrescenta ainda que estamos longe de ter condições para tantos "adversários e concorrentes". 

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20